F8A Consult

Radar de Investimentos – Novembro/2018

Menor inflação # Juros baixos

O destaque em novembro foi a definição de boa parte da equipe ministerial do governo que se iniciará no próximo dia 01/janeiro.

Em termos gerais, os indicadores relacionados a economia financeira doméstica foram positivos, com destaque para a projeção do mercado em relação a expectativa de redução na inflação para os próximos 12 meses (projeção de 4,11% para 2019) e consequente revisão sobre a necessidade do tamanho da elevação da taxa básica de juros(projeção de meta da taxa Selic em 7,75% no final de 2019).

No mercado de moedas, o Real se depreciou em relação ao Dólar, elevando a desvalorização para 16,79% no ano. As taxas de juros dos títulos da dívida pública federal interna continuaram o movimento de redução, o que proporcionou retornos elevados.

As estratégias de investimentos pós-fixadas e indexadas a variação do Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo – IPCA (IMA-B e IMA-B5+) e pré-fixadas (IRF-M1, IRF-M e IRF-M1+) apresentaram retornos superiores a taxa livre de risco.

Nosso objetivo é contribuir com informações  atualizadas sobre:

  1. Evolução da taxa real de juros na economia brasileira – a partir de 1997.
  2. Retorno x Risco dos principais benchmarks.
  3. Renda Fixa.
  4. Renda Variável.
  5. Estratégia de investimento apropriada para o cenário atual.
  6. Governança dos Investimentos e Compliance.

Acessar a apresentação.