F8A Consult

Radar de Investimentos – Abril/2018

Juro nominal e inflação acumulada até abril/2018 na mínima histórica.

Efeito iceberg ?

O destaque em abril foi a forte desvalorização do Real e o ajuste de preços nos ativos vinculados a estratégias de investimentos em índices de preços mais longos (IMA-B; IMA-B5+), (slides 10-12 e 14).  O IPCA que será divulgado no próximo dia 10/05 novamente demonstrará a menor inflação no quadrimestre desde 1997.

O mercado de Ações apresentou pequenos movimentos de valorização e realização de lucros, com destaque para o índice Global BDRX, com alta de 6,98%, influenciado pelo dólar (slide 14).

Considerando o horizonte de investimento a partir de junho/2016, observamos que os investidores que tomaram a decisão de alocar em ativos de risco estão obtendo retornos significativos, com excedentes de resultados que justificam a elaboração de estratégias objetivando a preservação/ proteção dos resultados.

Segundo os ensinamentos de Benjamin Graham, “uma operação de investimento é aquela que, após análise profunda, promete a segurança do principal e um retorno adequado. As operações que não atendem a essas condições são especulativas”.

Alguns questionamentos relevantes:

  1. O mercado financeiro continua com excesso de otimismo ?
  2. A redução da taxa nominal e real de juros é sustentável no médio e longo prazo ?

Diante do cenário de incertezas futuras, quais as recomendações ?

Nosso objetivo é contribuir com informações  atualizadas sobre:

  1. Evolução da taxa real de juros na economia brasileira  – a partir de 1997.
  2. Retorno x Risco dos principais benchmarks.
  3. Renda Fixa.
  4. Renda Variável.
  5. Estratégia de investimento apropriada para o cenário atual.
  6. Governança dos Investimentos e Compliance.

Acessar a apresentação.